Empreendedorismo femininno

Ex-executiva da Natura abre empresa própria de venda direta

mfv_0056

Apresentar um novo conceito de venda direta para o Brasil. Esse é o objetivo da executiva Andrea Eboli, que após 15 anos em cargos de liderança na Natura, se prepara para o lançamento da Mirandas, empresa que aproveitará o conceito de marketplace,  trazendo-o para venda direta. Sua proposta é criar uma empresa unindo marcas tradicionais de diferentes segmentos em um catálogo que prima pela qualidade, diversidade e pelo cuidado com a curadoria das marcas. A nova empresa começará suas operações no Brasil no primeiro trimestre de 2017.

 De acordo com Andrea, um dos objetivos da Mirandas é dar às marcas a oportunidade diversificar seus canais e atuar na venda direta sem tirar o foco de seu negócio principal. “Somos o quinto país em venda direta no mundo. Só no ano passado, o setor registrou R$ 41,3 bilhões em volume de negócios e forneceu renda para mais de 4,6 milhões de consultores, mas ainda há espaço para amadurecer esse mercado, introduzindo novos conceitos e novas formas de se relacionar com os clientes. A venda direta precisa se modernizar e falar com os hábitos de consumo contemporâneos”, explica Andrea.

Doutora em negócios e venda direta pela Swiss Business School, Andrea Eboli é uma das maiores especialistas em venda direta do Brasil. “Tantos anos acompanhando de perto o mercado dentro e fora do Brasil me fizeram identificar essa oportunidade. A ideia da Mirandas surgiu como uma forma de preencher essa lacuna no mercado local de venda direta”, afirma.

Além da oportunidade de negócios, Andrea enxerga na Mirandas uma chance de fomentar o empoderamento feminino por meio da independência financeira. “Nossa proposta é transformar nossas consultoras em empreendedoras, oferecendo formação qualificada e acompanhamento constante”, explica. Treinamentos diferenciados, estratégia digital e uma estrutura mais orgânica são alguns dos diferenciais que a Mirandas irá implementar.

 Andrea começou a carreira como trainee na Natura, em 2001, onde ocupou diversos cargos, como Gerente Geral, Diretora da Unidade de Negócios São Paulo e, mais recentemente, Diretora de Marketing, quando foi responsável pela entrada da Natura no Varejo. Além da nova empresa, a executiva prepara também sua estreia no mercado literário, que não foge ao tema que permeia toda a sua vida profissional e acadêmica: a venda direta.

Divulgação
Anúncios

10 comentários em “Ex-executiva da Natura abre empresa própria de venda direta”

  1. Olá Andrea,

    Gostaria de te enviar nosso material , estamos lançando um Restaurador Dérmico especificamente para tatuagens , este é um mercado pouco explorado , estamos produzindo em uma industria certificada e homologada pela anvisa , temos muito interesse em trabalhar na venda direta . Agaurdo seu email ou um contato para conversarmos.

    Grato

    Vallim

  2. Todas as pessoas nascem iguais. Cada um tem o direito de ganhar o seu espaço através do suor do seu rosto. Mas alguns suam mais e conquistam espaços maiores.
    Deus te abençoe nessa nova caminhada.
    Sucesso sempre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s