MULHERES EM TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA VOLTAM A SORRIR E SE SENTEM MAIS DESEJADAS APÓS CORREÇÃO DAS SOBRANCELHAS E ARÉOLAS DOS SEIOS

Com a chegada do Outubro Rosa as atenções de todo mundo se voltam para o câncer de mama, para a conscientização do exame de mamografia e para as mulheres que lutam dia a dia contra a doença.Banner_OutubroRosa021

No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2014 a estimativa é que ocorram 57.120 novos casos de Câncer de mamas, que é o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil.

São dados alarmantes, que assustam e mexem com o emocional de mulheres que são obrigadas a conviverem com as várias fases da doença.

Mas a boa notícia é que segundo a micropigmentadora Inajá Bessa é possível melhorar o emocional e ter a autoestima elevada dessas mulheres com técnicas não invasivas de beleza como é o caso da micropigmentação.Captura de Tela 2014-10-17 às 10.08.35

De acordo com Inajá Bessa muitas mulheres que passam pela quimioterapia ou têm que fazer a mastectomia (extração total da mama) ao fazer o uso das técnicas de micropigmentação estética e paramédica se sentem mais felizes e com mais vontade de viver.

“Muitas mulheres me procuram com baixa na autoestima por não terem os seios mastectomizados em perfeito estado depois da intervenção plástica, e por não terem pelos na sobrancelha por causa da quimioterapia”

Em casos como esses são indicadas as técnicas de micropigmetnação para o desenho das aréolas mamárias e dos pelos das sobrancelhas.
“Mulheres em tratamento de quimioterapia que perderam os pelos da sobrancelhas também podem fazer uso da técnica de micropigmentação visando ter o rosto remodelado com os pelos das sobrancelhas desenhados. Muitas chegam aqui na clínica sem vontade de viver, com vergonha da falta de pelos nas sobrancelhas. Basta uma sessão de micropigmentação para ver a mudança emocional e estética”diz a micropigmentadora.

Para a advogada Marina Faiçal, hoje com 34 anos que detectou um câncer de mama aos 31 anos, recém –casada na época o trabalho de pigmentar as sobrancelhas durante o tratamento de quimioterapia é muito importante para elevar a autoestima de mulheres que sofrem com a doença. “ Durante o meu tratamento perdi todos os pelos da sobrancelha. Os pelos da cabeça conseguimos contornar com peruca, lenços. Descobri o trabalho da Inajá Bessa e ao sair da clínica com a minha sobrancelha pigmentada, fio a fio, me senti uma nova mulher. Eu pesquisei vários trabalhos no mercado e fiquei realmente impressionada com o efeito do fio a fio que Inajá conseguiu. Hoje, os meus pelos já estão nascendo e tenho várias amigas que mesmo sem a doença me pediram indicação da Inajá Bessa para fazer a micropigmentação nas sobrancelhas”, diz.

Sobre a técnica

A micropigmentação consiste em infiltrar pigmentos na pele, usando agulhas descartáveis, circulares ou lineares específicas para cada tipo de efeito. Os pigmentos podem ser orgânicos – à base de anilina vegetal – ou inorgânicos – à base de óxido de ferro e de dióxido de titânio. “Os pigmentos orgânicos têm as cores vivas e vibrantes, normalmente solúveis em água, mas não devem ser usados para a micropigmentação. Eu utilizo os pigmentos minerais glicerinados, que são hipoalergênicos. O trabalho de micropigmentação dos olhos exige conhecimento e prática. Usar pigmentos na região dos olhos à base de água pode causar migração e sérias lesões nos olhos do paciente. Daí a importância de buscar sempre referência do profissional”, diz a especialista.

Para as pessoas que enfrentam o câncer, os procedimentos mais procurados são os da sobrancelha 3D e da auréola dos seios. O primeiro consiste em desenhar fios finíssimos em tamanhos, cores e formas diferentes acompanhando o contorno natural das sobrancelhas. Daí o efeito tridimensional e o nome 3D. Essa técnica é muito procurada por pessoas que ainda estão em processo de quimioterapia, devido à queda de pelos.

Na micropigmentação para refazer a auréola dos seios, método muito procurado por mulheres que fazem mastectomia, a mama é retirada por um médico mastologista, no local do tecido removido é colocado silicone por um cirurgião plástico e, no final, quando o paciente estiver recuperado é feito a reconstrução da auréola com a micropigmentação.Captura de Tela 2014-10-17 às 10.13.20

Com o tempo a micropigmentação sofre uma descoloração natural. “Em média, a manutenção do procedimento é feito a cada dois anos, mas esse tempo pode variar em função dos cuidados”, explica Inajá. Tomar sol com frequência, usar ácidos dermatológicos na área pigmentada e deixar de usar bloqueadores solares são práticas que devem ser evitadas pelo paciente.

Fonte : Divulgação
Anúncios

Sobre ccaureis

Jornalista e Mediadora de Conflitos
Esse post foi publicado em Empreendedorismo femininno e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para MULHERES EM TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA VOLTAM A SORRIR E SE SENTEM MAIS DESEJADAS APÓS CORREÇÃO DAS SOBRANCELHAS E ARÉOLAS DOS SEIOS

  1. ola! bom dia gostaria de saber se vcs podem fazer minha sobrancelhas quando fiz a quimioterapia? ela ficou falha,mas não posso pagar pago aluguel me ajudem por favor….
    FIZ UMA MASTECTOMIA OBRIGADA ABRAÇO IRACEMA WATZAP 19 982838213

  2. Maria disse:

    Estou em tratamento .gostaria de fazer minha sobrancelha. Como faço Pr entrar em contrato com vc?
    Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s