Empreendedorismo femininno

MONICA CINTRA INVESTE EM ATENDIMENTO PERSONALIZADO PARA QUEM BUSCA MOBILIÁRIOS SUSTENTÁVEIS E EXCLUSIVOS

Monica_Cintra_0019menor-350x447

Árvores descartadas pela própria natureza e madeiras desprezadas pelo homem tornam-se belíssimas obras primas nas mãos da designer paulista Monica Cintra. Munida de enorme talento, este ano ela desafia a matéria-prima na criação de móveis personalizados que valorizem o design original. “Quero contemplar as formas da madeira com cores, texturas e novos elementos de forma que revelem as particularidades exclusivas de cada peça”, explica.

Seus últimos trabalhos trazem uma proposta contemporânea e atemporal complementada por aplicações de ferro, vidro, acrílico e resina que exploram ainda mais a beleza dos veios e do desgaste natural. Durante anos, Monica procurou alternativas para fugir do comum, mas que não ofuscasse a beleza da madeira, e encontrou opções que se integrassem ao seu trabalho de modo funcional e ao mesmo tempo sofisticado.

 

Processo sustentável Base-Tronco-Oco-113-x-045-x-075-h1

O trabalho de Monica começa no próprio campo, retirando de pastos e florestas madeiras em processo de envelhecimento, também chamadas de “madeiras de redescobertas” oriundas dos sul do País, ou seja, de árvores tombadas encontradas em matas, no fundo de rios ou trazidas pelo mar. Muitas delas são madeiras de lei; atualmente o corte desse tipo de madeira está proibido. Além de incentivar e propagar a sustentabilidade, o processo de reaproveitamento da madeira aproxima a designer da população local, especialmente onde ainda as queimadas fazem parte da cultura.

“Muitas vezes explico que as queimadas não apenas prejudica o meio ambiente como a fumaça é altamente tóxica, dependendo do tipo de planta ou árvore que entra em combustão”, conta. Outra opção de resgate é o manejo sustentável, que são madeiras comercializadas com autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) através do Documento de Origem Florestal (DOF), um sistema eletrônico de controle do governo federal. “Com o manejo sustentável podemos usufruir da floresta de forma racional e sem agredir o meio ambiente”.

Depois de selecionadas, as madeiras, ainda na sua forma bruta e com resquícios da mata de onde foi recolhida, como microorganismos e efeitos de queimadas, seguem para o local de tratamento. Lá, a madeira passa por uma limpeza cuidadosa e descupinização, que dura cerca de oito a nove meses. Posteriormente, sofre um processo de ressecamento para perder a umidade e garantir sua durabilidade. A designer participa ativamente de todo o processo. “Enfim, fazemos o acabamento, lixamos, despigmentamos, rematamos a peça e entregamos para o cliente”, explica.

 

Atelier

Sofa-Tras-225-x-110-x-063-h1

Monica Cintra que hoje é referência em mobiliários no Brasil e no exterior, no início impactou o mercado propondo uma nova tendência, a de transformar peças orgânicas em mobiliários sofisticados. “Eu mostrava para os clientes as madeiras encontradas, mas eles não conseguiam imaginar o design bruto da natureza na ambientação da casa”, lembra. Como solução, projetou um ateliê amplo, naturalmente iluminado e composto por linhas limpas, onde pudesse morar, trabalhar e ambientar as suas criações. O branco da parede e a neutralidade do piso receberam destaque com as obras da designer, presentes por todos os ambientes. Bancos na área externa, mesas de centro e de jantar, além de acessórios como pratos e champanheiras são alguns exemplos da madeira aplicada no projeto. “As bancadas da pia do lavabo e da cozinha, com abertura estratégica para a churrasqueira, revelam ainda a versatilidade da madeira reaproveitada”, detalha.

É em seu atelier também que a designer recebe seus clientes. O atendimento personalizado é um dos diferenciais, pois enquanto visualizam as peças, Monica capta a necessidade e o estilo do cliente para as criações sob encomenda.

 

Inovações

Desde quando era criança, Monica acreditava que poderia transformar uma madeira velha em algo bonito e aconchegante. Na infância, costumava brincar no sítio da família em Jundiaí, no interior de São Paulo, criando mesinhas e banquinhos para suas bonecas, com toquinhos de madeira achados no mato. Agora, a diversão da designer é experimentar a mistura de diversos elementos com a matéria-prima como inox, vidro, espelho e acrílico que complementam com modernidade e perfeição a beleza rústica da madeira em diferentes estilos. Atualmente, os mobiliários da designer são revendidos em seis estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Goiás, Ceará e Bahia) e exportados para Israel  e Londres.

 

MONICA CINTRA

http://www.monicacintra.com.br

Fonte: Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s