Chá com Cristal Fanucci

Captura de Tela 2014-03-10 às 18.14.54NM: Como surgiu a ideia do evento Chá Comigo?
Cristal: Na verdade, eu queria compartilhar com as pessoas o que eu tinha aprendido. Eu estava me descobrindo e descobrindo muitas formas de me ajudar e de ajudar às pessoas com esses conhecimentos. Eu queria dividir essa alegria com todo mundo, mas não sabia muito bem como fazer isso. Então um dia eu me lembrei que, quando adolescente, eu tinha feito algo parecido sem querer. Na minha adolescência, eu comecei me reunindo com uma prima para falar sobre espiritualidade e filosofia. Essa prima trouxe uma amiga que trouxe outros amigos e o grupo acabou se transformando em um grande grupo de adolescentes que se dedicavam a se encontrar para falar de coisas boas. Me lembrei disso e tive a ideia de convidar algumas pessoas para tomarem um chá na minha casa com o objetivo de bater um papo sobre autoconhecimento e espiritualidade. Minha filha fez o anúncio e colocou: “venha tomar um chá comigo”. De repente as pessoas começaram a chamar esse encontro de Chá Comigo e eu gostei do nome. O objetivo do Chá Comigo é trabalhar nosso recursos internos para vermos a vida, e suas circunstâncias, de uma forma diferente daquela que nós estamos acostumados a ver. Quando descobrimos que nós temos o poder de escolher como enxergar uma situação e como interpretar aquilo que está acontecendo com a gente para que isso não nos afete de maneira negativa e sim de uma maneira que nos faça crescer, melhorar e evoluir internamente, a vida fica muito mais fácil e feliz de ser vivida. É isso que eu quero compartilhar com as pessoas que estejam interessadas em descobrir aspectos delas mesmas que nem elas conhecem.
NM: Quais os temas mais abordados nas reuniões?
Cristal: Nos encontros, nós falamos sobre a autoestima e trabalhamos a nossa criança interior, valores, sobre o nosso lugar na nossa própria vida e no mundo, sobre os 4 acordos toltecas que nos dão ferramentas para entendermos melhor o que nos acontece e como interpretar esses acontecimentos, sobre os nossos hábitos bons e ruins, nossos medos, nossas crenças limitadoras, falamos sobre autoconhecimento e espiritualidade em geral. Cada semana falamos de um assunto que começa como algo programado, preparado, mas que no decorrer do Chá acaba se transformando em uma terapia de grupo pois cada semana uma pessoa traz uma questão que a incomoda e acabamos trabalhando essa questão e aprendendo um pouco com ela. Agora estamos planejando trabalhar um pouco a instrução de autoconhecimento com tarefas de casa para que cada participante se questione no silêncio de seu interior e consiga perceber o quanto ele tem o poder de mudar cada aspecto de sua vida para ser melhor. Unido a isso, vamos trabalhar também um pouco de metafísica da saúde para ajudar os participantes do Chá a enxergarem suas doenças de uma forma mais ampla e mais real, dando a eles as condições de reverterem suas dores em saúde.
MN: Fale sobre alguns desses temas
1932136_801910953155717_1704014528_nÉ difícil falar em poucas palavras sobre esses temas, pois são bastante profundos e é necessário que compreendamos num primeiro momento que nós somos totalmente responsáveis por tudo o que nos acontece e por tudo o que chega até nós, seja pessoas, acontecimentos, circunstâncias, doenças, etc… Nada do que acontece em nossa vida, pode acontecer sem que nós tenhamos permitido e a nossa permissão é dada a partir dos nossos pensamentos e emoções que ainda não sabemos controlar, dirigir, manifestar da forma mais adequada. Cada pensamento ou emoção nossa é energia e nós emanamos essa energia para o Universo, mesmo sem perceber. O universo não entende certo ou errado como nós entendemos e nos envia de volta tudo aquilo que em algum momento emanamos, consciente ou inconscientemente. Somo um imã que acaba atraindo tudo aquilo que mais pensamos ou sentimos. Nosso poder está em aprender a direcionar nossos pensamentos e emoções para aquilo que mais desejamos, que mais nos faz sentir bem para atrair mais disso. A começar pelo respeito a nós mesmos. Se eu não me respeito, não cuido de mim, dos meus pensamentos, das minhas emoções, do meu corpo e da minha mente, como posso querer que alguém me respeite? As pessoas nos tratam como nós nos tratamos.
É um trabalho lindo e gostoso de fazer, mas temos que ter a coragem de enfrentar as nossas sombras, que também são parte de nós. Fomos treinados desde os começos da história a esquecer de nós mesmos, a respeitar o que vem de fora e não ouvir o que vem de dentro. Com isso o que conseguimos é uma autoestima muito baixa, desconfiança, medo, insegurança, e hoje não nos reconhecemos, acreditamos que somos o que temos, nossa posição social, nosso cargo no trabalho, nossa beleza física, nossa inteligência intelectual e isso nos deixa muito mais estressados que felizes, pois qualquer detalhe que manche essa imagem que construímos de nós mesmos para sermos aceitos pelo outro, nos derruba e nos faz sentir mal.
Saber quem somos e qual é o nosso propósito verdadeiro nesta vida é um trabalho que necessita coragem e persistência, mas os resultados disso são simplesmente maravilhosos. Vale muito a pena chegar a perceber os resultados desse trabalho interno.

Cristal Fanucci por Cristal Fanucci
A Cristal Fanucci é uma eterna aprendiz desta vida tão linda. Sou uma mulher de 53 anos que começou esse processo de aprendizagem aos 13 anos de idade lendo muita filosofia oriental e psicologia, busquei em diferentes religiões as respostas para os meus anseios, errei e acertei muitas vezes, depois de alguns tombos bem caídos, soube entender as mensagens que a vida queria me transmitir com cada um deles, continuo estudando para cada dia entender melhor todas as lições que essa escola chamada vida nos passa como lição de casa. Sou Mestra Reiki, Cromo terapeuta, terapeuta de Florais de Bach, Auriculopuntura, Aconselhamento Metafísico, Radiestesia e Instrutora de Autoconhecimento. Sei que somos um pedacinho dessa Força Criadora Universal e, portanto somos energia. Ainda não sabemos como lidar muito bem com isso e por isso ainda temos um longo caminho a percorrer. Ainda não temos a real consciência do poder de criação que temos dentro de nós. E o maior poder que existe dentro de cada um de nós é o AMOR e é com ele que eu quero compartilhar o que tenho aprendido. A Vida é um grande presente que recebemos cada dia quando abrimos os olhos pela manhã e eu sou grata por poder estar aqui agora, fazendo parte deste momento incrível. Gratidão! Namastê!

Anúncios

Sobre Maria do Carmo Marini

Sou otimista e alegre e acredito que o mundo tem potenciais inexplorados e fascinantes a serem descobertos. Tenho um filho maravilhoso e dois netos inteligentes e lindos. Consider ao família – irmãos e irmãs – meu porto seguro. Sou curiosa e apaixonada pela vida, tenho interesse em aprender sempre, adoro gente inteligente e elegante. Amo viagens, livros, uísque, comidas, vinhos, moda e cinema. Estou sempre disposta a encontrar os amigos e compartilhar experiências e conhecimentos. Trabalho com desenvolvimento de pessoas, sou Consultora de Carreira e Coach, engenheira de formação com especialização em comunicação corporativa, coaching pessoal e profissional e pós graduação em Consultoria de Carreira.
Esse post foi publicado em Empreendedorismo femininno e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Chá com Cristal Fanucci

  1. Solange disse:

    Adorei o texto!
    A autora escreveu com a alma, pude sentir isso, pois o texto emana uma energia de luz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s