Empreendedorismo femininno

Boa opção para resolver sua lista de Natal , com preço amigo, fora dos shoppings lotados.

Venha conhecer nossas empreendedoras e seus produtos autorais, roupas, bolsas, acessórios, artigos de decoração, bijouterias, aromatizadores, sabonetes, calçados e comidinhas.Produtos para organizar e decorar a sua casa e acessórios para presentear no Natal
Ótima saída pra quem quer resolver aquela listinha de presentes com preço amigo, fora dos shoppings lotados.
Confira!!!!

convite negocios de mulheres BAZAR DE NATAL SABIA_jpg.jpg

Anúncios
Empreendedorismo femininno

Equidade de gênero é foco do 8º Fórum Mulheres em Destaque

O maior encontro de líderes engajados com a causa da equidade de gênero já tem data marcada: dias 28 e 29 de novembro, no Villa Blue Tree, em São Paulo (SP). O Fórum Mulheres em Destaque, primeiro evento do Brasil a tratar da ascensão das mulheres aos cargos de liderança nas corporações, é organizado pela CKZ Diversidade e conta com o apoio institucional da ONU Mulheres e do movimento He For She. Em sua 8ª edição, o evento vai apresentar cases de diversidade na liderança e empoderamento feminino, histórias inspiradoras e soluções diferenciadas na gestão de pessoas.

Entre os destaques deste ano, está uma pesquisa inédita da empresa de consultoria Korny Ferry, que analisou a trajetória profissional de 57 mulheres CEOs e como elas alcançaram o topo. Outra novidade é a palestra sobre os benefícios da liderança feminina com base no livro Liderança Shakti – o Equilíbrio do Poder Feminino e Masculino‎. Além disso, o Fórum Mulheres em Destaque também vai dialogar sobre um tema altamente em voga no momento: os caminhos para desconstruir o machismo, o racismo e a homofobia. Em paralelo as palestras, o evento ainda contará com uma sala de mentoria sobre comunicação assertiva a ser ministrada pela especialista Mara Behlau.

Além de conectar experiências para transformar conteúdo em ação, o Fórum também incentiva e apoia as corporações a construírem ambientes mais igualitários para torná-las mais sustentáveis e responsáveis. “Vamos promover um conteúdo aprofundado, técnico e prático com cases de empresas que estão caminhando rumo à equidade de gênero. Nosso objetivo também é levar cada vez mais homens para essa conversa, pois eles são agentes de transformação nesse processo”, comenta Cris Kerr, CEO da CKZ Diversidade e idealizadora do Fórum Mulheres em Destaque.

Participam desta edição CEOS e líderes de grandes empresas como Bristol Myers Squibb, Merck, CNH Industrial, McKinsey, SAP, AVON, Banco Santander, Schneider Eletric, entre muitas outras. O propósito do encontro é disseminar programas de liderança feminina para promoção da equidade de gênero, aumentar a diversidade de gênero em cargos de liderança, aprimorar a carreira profissional das mulheres que almejam atingir cargos de liderança, inspirar e empoderar mulheres para que elas conquistem seus objetivos, e mobilizar as corporações em prol da diversidade.

 Serviço:

8º Fórum Mulheres em Destaque

 Data: 28 e 29 de novembro

Horário: Das 9h às 18h
Local: Villa Blue Tree – Rua Castro Verde, 266/247 – Chácara Santo Antônio – São Paulo (SP)

Mais informações e inscrições: contato@ckzagencia.com.br | (11) 2387-0111

 Sobre a CKZ Diversidade

about1-1

 A CKZ Diversidade promove eventos próprios para transformar conteúdo de alta qualidade em interatividade e troca de experiências. Sua Plataforma de Diversidade conta com o 8º Fórum Mulheres em Destaque, 5º Fórum Gestão da Diversidade e Inclusão, e 2º Fórum Diversidade no Conselho. A CKZ Consultoria em Diversidade tem como propósito apoiar as corporações com treinamentos de viés inconsciente, inteligência de gênero e programas de diversidade para torná-las mais sustentáveis e responsáveis.

 

Empreendedorismo femininno

Como escolher um sócio?

parcerias4 dicas para escolher um sócio para seu negócio

Por Luzia Costa

Uma das grandes dúvidas de quem está iniciando seu negócio é: como escolher um sócio para o meu empreendimento? Nem sempre uma sociedade é tão simples e até mesmo deva ser alguém da família ou amigo.

O sucesso do seu negócio pode estar nesta escolha. Por isso, para te auxiliar abordarei algumas recomendações para você que está na busca por um sócio. Confira:

Seu sócio precisa saber liderar

É importante que o seu sócio saiba liderar, pois assim conseguirão desenvolver ideias e alavancarão a equipe também. É necessário que consiga engajar a equipe e administrar o negócio ao mesmo tempo.

É preciso ter características complementares

Acredito que seja ideal para uma boa sociedade que vocês se completem no negócio, que possuam habilidades que complementam a do outro, mas que tenham o mesmo objetivo.

Características complementares auxiliarão em todas as áreas do negócio.

Precisa ser honesto e ético

Parece básico e simples, não é mesmo? Mas no dia a dia, dependendo da sua escolha, a honestidade pode ser esquecida, acreditem! Por isso, escolha um sócio com essas características além de serem comprometidos pelo negócio.

É muito importante que tenham a mesma visão!

Seu sócio precisar saber dar feedbacks e recebê-los também

Seu sócio precisa saber conversar, dar opiniões de como está indo o negócio, saber ouvir críticas, ou seja, ter um bom relacionamento tanto com você como com a equipe. A transparência é fundamental para uma sociedade bem-sucedida!

Essas são quatro recomendações de diversas que você precisa pensar e estudar para escolher um sócio. Não é uma tarefa fácil, afinal é um acordo de negócio onde vocês dividirão os ônus e bônus profissionais.

Boa sorte em sua jornada!

Sobre Luzia Costa

CEO do Grupo Cetro, há mais de 10 anos no mercado de beleza e estética, criou duas redes de franquias: Sóbrancelhas e Beryllos, ambas com técnicas exclusivas e inovadoras no segmento.

Divulgação

Empreendedorismo femininno

Mulheres Empreendedoras no mundo

Captura de Tela 2018-09-28 às 08.32.14“De acordo com o Global Entrepreneurship Monitor, existem 126 milhões de mulheres operando novas empresas e outras 98 milhões à frente das já estabelecidas. No entanto, ainda enfrentamos uma enorme lacuna de igualdade. Em apenas sete países – Panamá, Tailândia, Gana, Equador, Nigéria, México e Uganda – as mulheres participam de negócios com taxas iguais às dos homens; em alguns países, como o Paquistão, eles mal participam. Mesmo quando as mulheres são donas de empresas ativas, elas não atingem seu potencial: as mulheres possuem quase três em cada dez firmas americanas, mas empregam apenas 6% da força de trabalho do país e respondem por apenas 4% das receitas de negócios.”

The Economist

Empreendedorismo femininno

Bazar de Primavera Negócios de Mulheres

convite negocios de mulheres BAZAR DE PRIMAVERA

Negócios de Mulheres 50+,  plataforma itinerante de empreendedorismo feminino na maturidade, organiza seu quinto bazar com expositoras de diversas áreas e  rodada de negócios e  bate papo com as jornalistas Guta Campos e Claudia Reis, que darão dicas de como montar um plano de comunicação.

A rodada é uma maneira prática de apresentar seu negócio e conhecer outras marcas, parcerias, receber indicações e muito mais. Participe!!!

O bazar acontece nos próximo dias 23 de setembro em Moema, e conta com a ajuda da personal stylist Valeria Stabellini que fez a curadoria das expositoras.
Dia 23 //09 – 11h às 18horas

Bate papo com Rodada de Negócios- 15hs  às 16hs30
.Local: Coworking Sabiá (Av. Sabiá, 388 – Moema)
Entrada – Grátis

 

 

Empreendedorismo femininno

PESQUISA FIESP APONTA QUE 54,8% DOS EMPREENDEDORES DESCONHECEM AS FINTECHS

download

 

Fintechs, empresas que empregam intensamente a tecnologia para oferecer serviços financeiros alternativos aos bancos convencionais, ainda são pouco conhecidas no Brasil, mas não param de crescer no país. Segundo pesquisa “Fintechs: alternativas aos bancos tradicionais – Pesquisa Rumos da Indústria”, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), com a participação de 400 indústrias no estado, 54,8% das empresas nunca tinham ouvido falar do assunto.

“Mas há espaço para crescimento, já que a principal motivação das empresas que nunca buscaram crédito ou utilizaram outros serviços financeiros fora do sistema bancário tradicional é a falta de conhecimento, caso de 42,4% dos entrevistados”, explicou Sylvio Gomide, diretor titular do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria e do Acelera Fiesp, durante “Seminário Fintechs – Novas soluções financeiras para seu negócio” e uma rodada de atendimento aos empreendedores, nesta terça-feira (21/08), na sede da entidade.

Segundo ele, operando com custos menores, essas instituições conseguem reduzir as taxas cobradas aos empresários. “O índice de satisfação é alto, precisamos apresentar essas possibilidades ao mercado”, explicou. “Acreditamos no empreendedorismo, a Fiesp tem esse DNA, essa é uma casa de negócios”. images (1)

Entre os motivos para acreditar na expansão dessas instituições no Brasil está o fato de que 78% das fintechs nacionais têm serviços financeiros para oferecer às empresas. Já a principal área apontada pelas empresas da pesquisa da Fiesp como atendimento deficiente pelos bancos tradicionais é a de crédito para capital de giro (56,1%). Cerca de 28,5% das empresas já buscaram crédito em instituições financeiras outras que não os bancos tradicionais.

A motivação para fugir dos gigantes do mercado financeiro é a facilidade na contratação para 53% dos empreendedores, seguida pela agilidade no retorno da operação (50,4%) e pelas melhores taxas/tarifas (48,7%).

O estudo mostra que 20,5% das empresas já usaram serviços financeiros fora do sistema tradicional. Dessas, 61,1% avaliam a experiência como boa ou excelente. Nessa linha, as melhores tarifas (51,5%) e a facilidade na contratação (41,7%) também motivariam quem nunca procurou uma fintech a dar uma chance a essas instituições.

“É preciso manter o espírito de startup. O crescimento da procura pelas fintechs é exponencial”, finaliza.

 Divulgação