Empreendedorismo Feminino – Workshop

Captura de Tela 2015-07-27 às 12.25.53Você já conhece nossos workshops? Se ainda não conhece, precisa conhecer. É uma forma rápida e eficiente de passar conhecimento sobre determinados assuntos para grupos de pessoas que, trabalhando juntas, constroem suas próprias soluções para questões do dia-a-dia.

O primeiro do qual eu gostaria de falar trata de empreendedorismo feminino. É um encontro de 4 horas, que traz à luz e à discussão elementos básicos para quem quer iniciar essa aventura complexa que é empreender.

Captura de Tela 2015-07-27 às 12.26.21Nosso objetivo nesse workshop é apresentar dados sobre a presença das mulheres no empreendedorismo do Brasil e as grandes dificuldades que elas têm que enfrentar. Somado a isso, promovemos uma discussão sobre como resolver as questões mais encontradas, apresentando dicas e colhendo depoimento das participantes.

É um trabalho a ser desenvolvido com mulheres que desejam iniciar ou melhorar seus negócios. As participantes encontram aqui respostas às questões básicas que precisam enfrentar a cada dia.

O trabalho se desenvolve com atividades expositivas e vivências que ajudam a fixar conceitos, dão a oportunidade para cada uma trazer suas próprias demandas e buscar em conjunto soluções específicas para seus negócios.

Se você tiver um grupo interessado, entre em contato aqui, deixe seu telefone ou email que responderemos rapidamente.

Publicado em Empreendedorismo femininno | Deixe um comentário

REDES DE FRANQUIAS CRESCEM 127% NO BRASIL

Com crise econômica, rede de franquia torna-se opção favorável ao mercado de trabalho.

imagesDevido à crise econômica estar afetando o mercado de trabalho com demissões em massa, muitos brasileiros exploram novas opções de rendimento como abrir seu próprio negócio – e as redes de franquias vem sido uma alternativa assertiva para empreendimento. Só no ano passado foram inauguradas duas franquias a cada hora, totalizando mais de 220 mil redes. Com esse aumento o Brasil ficou em segundo lugar no ranking, perdendo apenas para a China e a frente dos Estados Unidos, de acordo com estudos da consultoria Rizzo Franchise. Atualmente as franquias no Brasil faturam cerca de R$ 1 bilhão todo dia e tiveram um aumento, nos últimos dez anos, de 127%.
No entanto, apesar desse crescimento, muitos empresários que não alcançaram o retorno esperado acabaram encerrando seu negócio antes de completar um ano, totalizando cerca de 6.550 mil franquias no ano passado. Entretanto, como explica a consultoria Rizzo Franchise, as franquias não servem para investidores, mas sim, para quem tem presença e atuação diária no negócio.
A franqueada WSI, por exemplo, líder no ramo de marketing digital, é um dos grandes cases de sucesso. A franqueada é de origem canadense e está distribuída em mais de 80 países e com mais de 1.200 escritórios.
Além de gerar novos negócios, as redes de franquias possibilitam oportunidade de trabalho para quem precisa, constituindo mais de 155 mil empregos em 2014.
“As redes de franquias podem ser uma saída oportuna para brasileiros idealizarem seus negócios e ao que tudo indica, essa nova tendência deve permanecer para os próximos anos. “ afirma Marco Marco, CEO da WSI Marketing na Internet.
 download

Fonte: WSI Marketing na Internet

Publicado em Empreendedorismo femininno | Marcado com , | Deixe um comentário

VALE A PENA TER UM SÓCIO? O QUE AVALIAR ANTES DE SE DECIDIR POR UMA SOCIEDADE, por Comunicação Conectada

Captura de Tela 2015-07-21 às 14.37.05Empreender tem sido cada vez mais a opção dos brasileiros como alternativa de plano de carreira e de vida. Mas transformar uma idéia em negócio traz consigo inúmeros desafios que envolvem planejamento e muita dedicação. Por isso, muitos empreendedores optam por seguir este caminho com um ou mais sócios com quem possam dividir investimentos, responsabilidades e, assim, dar mais oportunidades para que a nova empresa seja bem-sucedida.

Captura de Tela 2015-07-21 às 14.37.20Para André Galassi, especialista em gestão da plataforma de negócios Contaty, uma sociedade bem feita pode ser o caminho para um empreendimento de sucesso. Por outro lado, quando os sócios não se entendem no dia a dia, mesmo uma excelente ideia pode estar fadada ao fracasso.

O empresário Dominic MacDermot já teve experiências positivas e negativas com sociedades. “Participei de uma joint venture onde o objetivo era interessante para os três parceiros. Cada um investiu em sua área de atuação, mas quando os resultados não obtiveram o êxito previsto, a sociedade entrou em colapso. Ficou evidente que o problema tinha sido a falta de entendimento entre as partes no momento de se estabelecer a parceria. Nós esperávamos o sucesso, mas nunca determinamos um prazo para que o investimento desse certo, nem o valor que cada um estaria disposto a investir no projeto. Falhamos no planejamento e no alinhamento de expectativas. Hoje sou sócio de uma empresa de soluções tecnológicas, a Dax Tecnologia. A sociedade tem funcionado porque caminhamos juntos e alimentamos os sonhos com muito bom senso. Não concordamos em todos os detalhes do negócio, mas temos respeito e inteligência suficientes para aceitar e testar as propostas do outro”, conta.Captura de Tela 2015-07-21 às 14.38.01

Se você tem uma boa ideia e planeja abrir um negócio, mas não tem certeza se a sociedade é a melhor alternativa, André Galassi destaca seis pontos fundamentais que você deve considerar:

1. Objetivos em comum
Querer caminhar na mesma direção é fundamental para uma sociedade. Todo negócio permite a escolha de diversos caminhos e é fundamental que os sócios tenham a mesma visão do que esperam do empreendimento.

2. Competências Complementares
Ninguém é bom em todas as áreas. Escolher sócios que tenham competências complementares a sua permite que seu negócio se desenvolva com propriedade em diferentes áreas, e dá a ele mais oportunidades de crescimento.

Captura de Tela 2015-07-21 às 14.38.293. Disposição para correr os riscos necessários
O planejamento é a base de um negócio bem-sucedido, mas em muitos momentos também é preciso arriscar para que o empreendimento cresça. Nesta hora, é importante que os sócios tenham a mesma disposição para correr os riscos necessários em prol do crescimento. Isso inclui, dependendo da área de atuação, a necessidade de novos investimentos e contratação de pessoal, por exemplo.

4. Humildade para ceder
Ninguém sabe tudo o tempo todo. Em uma sociedade é preciso saber que ceder não significa perder poder, mas reconhecer que nem sempre as melhores ideias partem de nós e, nem por isso devem ser deixadas de lado.

5. Dividir os ganhos
Pode parecer óbvio, mas muito empreendedor gosta da ideia de ter sócios quando o assunto é dividir investimentos e responsabilidades, mas não acha tão agradável ter que repartir os lucros. Ter um bom sócio é contar com alguém na hora das dificuldades e, claro, de compartilhar os resultados positivos.

Captura de Tela 2015-07-21 às 14.42.586. Ter os mesmos valores
De nada adianta ter objetivos em comum, competências complementares e todos os tópicos anteriores, se os sócios não compartilharem dos mesmos valores. No final das contas, todas as grandes e pequenas decisões que envolvem um negócio passam pela forma como cada um entende a vida e, se os valores pessoais não forem os mesmos, será impossível manter a sociedade funcionando de forma harmônica e produtiva.

André Galassi complementa: “Quem opta por não ter sócios, mas apenas funcionários para trabalhar em sua empresa, tem a liberdade de tomar todas as decisões que envolvem o negócio e não precisa dividir os lucros, mas se tiver algum problema, encontrará, do outro lado pessoas que estão apenas envolvidas com o processo, sem comprometimento.
Ter um sócio significa contar com alguém comprometido com o negócio, uma pessoa que está no mesmo barco e rema junto, para que ele não afunde, mas alcance o porto do destino final. Pode não ser uma viagem fácil, mas quando a sociedade é harmônica, dois avançam mais rápido e com mais força do que apenas um. O empreendedor precisa colocar na balança e pesar os prós e contras de cada modelo, para decidir o que se encaixa melhor no seu negócio”.

Fonte – Comunicação Conectada.

Publicado em Empreendedorismo femininno | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

5 dicas para aumentar a eficácia dos seus e-mails

download (1)Escrever e-mails é uma atividade rotineira nas organizações, mas há muitas falhas na elaboração dos textos, que comprometem – e muito – a agilidade, a execução de tarefas e até os relacionamentos nas empresas. Para evitar que esses problemas ocorram Vivian Rio Stella, doutora e pós-doutora em Linguística pela Unicamp e professora de cursos de Comunicação e Liderança, elaborou cinco dicas para aumentar a eficácia na redação de e-mails. Recomenda-se:
1. Escrever o campo assunto com um conteúdo diretamente associado à mensagem do download (2)texto: há duas principais vantagens em escolher cuidadosamente o assunto: uma, é que o leitor, diante de tantos e-mails em sua caixa de entrada, pode priorizar melhor a leitura a depender do assunto do e-mail; outra, é que, se for necessário recorrer à troca de mensagens depois de certo tempo, a busca é facilitada se o assunto corresponder ao que consta no corpo da mensagem. Vale ressaltar que, para elaborar um assunto claro, é fundamental escrevê-lo após a elaboração do texto (e não antes, como a maioria costuma fazer) e escolher palavras-chave (ex.: Adiamento Reunião Vendas; Pendência Pedido de Compra 0000)

2. Direcionar, no corpo da mensagem, a quem se destina cada ação: é comum incluir, no campo destinatário, mais de um contato, pois uma ação pode depender de diversas pessoas. Mas é preciso direcionar, no corpo da mensagem, quem é responsável por o quê. Caso contrário, corre-se o risco de ninguém executar o que foi solicitado, dada a agenda corrida que todos têm. Apenas uma ressalva: evite usar o símbolo @ diante do nome do receptor, no corpo da mensagem. Esse símbolo tem um significado e uma função específicos em redes sociais (Instagram, Twitter), mas nenhum significado ou função no texto do e-mail. Se quiser enfatizar os nomes, use negrito, sublinhado ou liste as pessoas direcionadas em tópicos.

3. Evidenciar o objetivo da mensagem: independente da extensão e da complexidade do e-mail, é imprescindível que esteja claro o objetivo da mensagem. Isso significa que não basta escrever sobre um tema e incluir diversos tópicos a respeito desse tema, pois o leitor pode até compreender o que foi escrito, mas não saberá o que precisa ser feito com aquela informação. Para evitar que isso ocorra, defina previamente o objetivo da mensagem por meio de uma frase sucinta, específica e com verbo, como, por exemplo: explicar o passo a passo da ação; solicitar esclarecimentos sobre uma ação; informar as novas práticas da área; reforçar a importância do cumprimento dos prazos.

4. Estabelecer prazos: muitas trocas de e-mails se prolongam mais do que seria necessário ou conflitos são gerados entre remetente e destinatários simplesmente porque não estava claro o prazo para o cumprimento de uma ação ou para o envio de uma informação. Por isso, procure reforçar datas, especialmente, no fechamento do e-mail. Recomenda-se, inclusive, grafar o dia e mês em algarismos (15/10) em vez de redigir o dia da semana (próxima segunda-feira) ou expressões como “daqui dois dias”, para evitar possíveis mal-entendidos.

5. Listar ideias, perguntas ou instruções em tópicos: se há mais de duas ideias, perguntas ou instruções, redigi-las em formato de tópicos facilita a organização das informações, favorecendo, assim, a clareza da mensagem, e pode, inclusive, funcionar como um check-list para o(s) leitor(es).

download

Fonte-  Case  Comunicação  Integrada

Publicado em Empreendedorismo femininno | Deixe um comentário

Divida conosco sua história empreendedora

Maria do Carmo Marini e Claudia Reis

Maria do Carmo Marini e Claudia Reis

Mulheres empreendedoras são nosso foco principal, mas queremos falar de tudo que diz respeito a mulheres. Você gostaria de compartilhar suas experiências de trabalho conosco?

Negócios de Mulheres é o espaço para manter diálogos abertos e acolhedores sobre as exigências que a vida nos apresenta e como lidar com elas.

Queremos refletir junto com muitas mulheres, desenvolver uma nova forma de escutar suas necessidades, valores e paixões, experimentando novas maneiras de viver nosso papel na sociedade.

Evento Como Alavancar sua Carreira - 2015

Evento Como Alavancar sua Carreira – 2015

Junte-se a nós contanto sobre você, abrindo discussões sobre temas de seu interesse e criando conosco um espaço amplo de compartilhamento.

Envie sua colaboração para claudiareis@claudiareis.com.br ou carmo@executivasechiques.com. Adoraremos ter sua foto também.

Publicado em Empreendedorismo femininno | Deixe um comentário

7 dicas para vender mais em tempos de crise

Captura de Tela 2015-05-19 às 15.29.41O Brasil passa atualmente por um momento de muita insegurança em sua economia e cada vez mais as empresas precisam criar estratégias para se manter ativas diante das dificuldades que o mercado vem apresentando. Para a Palestrante e Master Coach Danieli Guimarães, especialista na área comercial, a crise pode ser facilmente encarada e vencida, quando se tem a atitude correta diante de qualquer situação de conflito. Em tempos de crise mais do que nunca, segundo ela “A qualidade dos seus pensamentos, determinam a qualidade das suas vendas”. Não há crise, fracasso, insucessos que resistam a um trabalho de vendas bem feito.

Ela separou para nós algumas dicas fundamentais para se obter sucesso em vendas.

Captura de Tela 2015-05-19 às 15.30.011. Seja um Orientador do Seu Cliente. Acabou aquela fase de “empurrar produtos”, o vendedor precisa aprender a ser um orientador, ninguém quer fazer negócios com pessoas que não saibam o que falam e muito menos, ofereçam o produto que está “parado no estoque”.  O cliente que ser orientado de forma assertiva, ele quer vc o oriente para a decisão correta. Certifique que você faz isso.

2. Descubra qual o problema que seu produto ou serviço resolve. As pessoas não querem comprar nada! Elas querem resolver seu problema. Que problema o seu produto resolve? “Ninguém compra sapatos, as pessoas compram conforto, design, status, marca, beleza” diz Danieli Guimarães. Todos os produtos resolvem algum problema do cliente, e você precisa saber exatamente qual o seu resolve para você oferecê-lo de maneira correta e vender mais.

Captura de Tela 2015-05-19 às 15.36.093. Descubra de qual concorrente seu cliente está comprando. Para fechar negócios com novos clientes, é importante identificar não apenas a concorrência no geral, mas também identificar em qual concorrente o meu cliente está comprando, pois assim saberei qual o perfil de comprador ele tem, se compra por preço, qualidade ou prazo e assim facilmente conseguirá conduzir a negociação na linguagem de compra dele.

4. Não perca o time da venda. 70% dos vendedores não conseguem identificar o momento de parar de falar dos benefícios e fechar logo o negócio. Frases como: Você tem esse produto em estoque? Qual o prazo de entrega? ou até: Você garante que esse produto é confiável? São sinais de que o cliente já se viu consumindo o produto. Ou seja, é hora de parar de falar de benefícios e partir para o fechamento, simples e direto, pois o cliente já decidiu pela compra, você só precisa criar as condições certas para isso.Captura de Tela 2015-03-25 às 16.22.20

5. Acredite em você. Não existe técnica de vendas no mundo, que fará um vendedor vender mais, se ele não acreditar nele. Receber motivação de palestras, lideres, gestores, é fundamental, mas o vendedor precisa acreditar que ele é capaz de chegar lá, de alcançar qualquer coisa que deseja ou sonha. Danieli ainda afirma “Acredite em você acima de qualquer coisa, isso te fará chegar em lugares nunca antes imaginados por você”.

Captura de Tela 2015-05-19 às 15.30.546. Diga Obrigado. Quando foi a última vez que você ligou para um cliente apenas para dizer “Obrigado”? Ser grato é um dom. Os vendedores geralmente vendem e nunca mais entram em contato com o cliente, não se relacionam com ele. Se ligam novamente é para vender mais, oferecer mais produtos ou serviços. Danieli defende o fato de que é necessário sempre se relacionar com o cliente, independentemente se ele gerará um negócio imediato ou um negócio a longo prazo. Vendedores que se relacionam com o cliente mensalmente têm um alto índice de fidelização. Aquele que só se aproxima para vender, uma hora ou outra perderá o cliente para a concorrência que estará disposta a se relacionar efetivamente com o cliente.

Captura de Tela 2015-05-19 às 15.31.187. Treine, estude e pratique. Acostumada a treinar equipes comerciais pelo pais todo, Danieli diz que: “Em tempos de crise, quem não estiver preparado estará fora do mercado de trabalho! Não dá mais para ser amador em um mercado tão competitivo”. Ler livros de vendas, participar de palestras, treinamentos, conversar com mentores, acompanhar vendedores mais experientes e aplicar tudo o que se aprende será um grande diferencial do vendedor que ganhará muito mais dinheiro mesmo nesse momento do que aquele que ficará por aí reclamando que não vende pois a “crise está grande”. Ficar atento ao mercado e às pessoas é fundamental para vender mais, perceber a direção correta que cada negócio deve tomar é fundamental e fará toda a diferença no final do mês, no momento da entrega das metas. “Melhorar a qualidade dos seus pensamentos, ter a atitude certa e estar aberto para aprender te fará passar por esses momentos desafiadores da nação sorrindo”.

Fonte: Assessoria DG de-crise-dino89065459131#sthash.8BiNt38k.dpuf

Publicado em Discussões, Empreendedorismo femininno | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Características femininas explicam aumento de mulheres empreendedoras

Captura de Tela 2015-05-18 às 17.49.22Compartilhando artigo publicado no site da Feira do Empreendedor, do SEBRAE, realizado entre 7 e 10 de fevereiro 2015, no Pavilhão de exposições do Anhembi, para lembrar as mulheres que querem empreender como suas características ajudam nesse importante setor da economia.

Captura de Tela 2015-05-18 às 17.50.36“O crescimento de mulheres à frente de novos negócios no Brasil é resultado de vantagens competitivas propiciadas pelas características especiais do sexo feminino, defende a jornalista Joyce Moysés. Com 26 anos de experiência no tema e autora do livro “Mulheres de sucesso querem poder…amar”, ela proferiu palestra na manhã de domingo no segundo dia da Feira do Empreendedor 2014, evento que vai até terça (25) no Expo Center Norte, em São Paulo.

“As mulheres estão buscando a qualificação, estudando mais e analisando com mais atenção o ambiente de negócios”, afirmou. As vantagens competitivas do sexo feminino, segundo Joyce Moysés, são: facilidade de organização, confiabilidade, facilidade de planejamento, capacidade de visualizar oportunidades e novos projetos, além de serem resilientes. “Aquela experiência de cuidar da casa, da família, é aplicada no dia a dia da empresa”, disse.

Captura de Tela 2015-05-18 às 17.50.54Nos últimos dez anos o número de mulheres que comandam pequenos negócios no Brasil aumentou 21,4%, enquanto que o índice de homens foi de 9,8%, segundo estudo do Sebrae. “Chama a atenção os resultados registrados no Norte, onde o crescimento de mulheres à frente de pequenos negócios foi de 80% e no Centro-Oeste, que foi de 43% neste período”, destacou a palestrante.

Outro número do Sebrae aponta que 52% dos novos negócios com menos de três anos e meio de atividade têm mulheres no comando.”

Publicado em Empreendedorismo femininno | Marcado com , , , | Deixe um comentário